fbpx
Loader
OBSERVATÓRIO apresenta o Maio Amarelo no podcast oficial da Secretaria de Estado das Cidades do Rio de Janeiro
27311
post-template-default,single,single-post,postid-27311,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

OBSERVATÓRIO apresenta o Maio Amarelo no podcast oficial da Secretaria de Estado das Cidades do Rio de Janeiro

OBSERVATÓRIO apresenta o Maio Amarelo no podcast oficial da Secretaria de Estado das Cidades do Rio de Janeiro

O podcast Fala aí Cidades, podcast oficial da Secretaria de Estado das Cidades do Rio de Janeiro recebeu o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV), José Aurelio Ramalho, que apresentou o ONSV, o Movimento Maio Amarelo, falou sobre as ações de conscientização para um trânsito mais seguro que são desenvolvidas no decorrer do mês e pontuou sobre dados do trânsito no País.

Durante o programa, Ramalho pôde relembrar sobre o motivo da criação do OBSERVATÓRIO, idealizado em função da Década de Redução de Acidentes de Trânsito em Moscou em 2009, com o intuito de auxiliar a sociedade com ações para a redução de lesões e óbitos no trânsito do País.

O diretor-presidente do ONSV falou sobre a importância dos mais de 300 Observadores Certificados, pessoas que voluntariamente colaboram com o trabalho do OBSERVATÓRIO e presentes em todo o Brasil; do desenvolvimento dos Núcleos para o desenvolvimento de estudos e ações de segurança viária.

Ramalho contou como surgiu a ideia de criar o Movimento Maio Amarelo o alcance e abrangência em todo o território nacional e presente em 30 países; sobre as ações do programa Laço Amarelo, criado pelo OBSERVATÓRIO para dar sequência, durante todo o ano, às ações do Maio Amarelo. Além dos estudos e pesquisas realizados pela instituição para reduzir os altos índices de lesões e óbitos no trânsito.

Ramalho deixa um alerta, “O fator humano, ele permeia a maioria dos acidentes. Quando ocorre um acidente, certamente ocorreu uma negligência, uma imprudência e uma imperícia que levou àquela ocorrência de trânsito”, completou.

Ouça o podcast completo, em:

https://open.spotify.com/episode/618ZzTPJCGSVJ7Yp5B5LZT?si=drznlL7SQYerSjrzD2Y_2g

No Comments

Post A Comment