fbpx
Loader
OBSERVATÓRIO COMENTA IMPORTÂNCIA DA CAPACITAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO NA REVISTA ABRATI
28368
post-template-default,single,single-post,postid-28368,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

OBSERVATÓRIO COMENTA IMPORTÂNCIA DA CAPACITAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO NA REVISTA ABRATI

OBSERVATÓRIO COMENTA IMPORTÂNCIA DA CAPACITAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO NA REVISTA ABRATI

A edição deste mês (outubro), da Revista Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros), traz uma matéria com foco na importância da capacitação e saúde dos motoristas de transporte rodoviário regular de passageiros. O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV), José Aurelio Ramalho, comentou sobre a necessidade de boa formação dos condutores e citou o Sest Senat, empresa Mantenedora ONSV e Entidade Laço Amarelo, como um parceiro estratégico das empresas de ônibus para capacitar esses profissionais dentro do padrão de segurança viária adequado.

Segundo dados do OBSERVATÓRIO, 90% dos acidentes de trânsito ocorrem por falha humana. Para o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, isso acontece por causa da formação precária do condutor brasileiro. “A formação do nosso condutor tinha que estar associada à percepção de risco, ao respeito às regras, e não somente decorar placas e sinais de trânsito”, pontua, dando a dimensão exata do quando é importante cuidar de quem está ao volante.

Um parceiro estratégico das empresas de ônibus regulares para capacitar seus motoristas dentro dos padrões de segurança viária citados por Ramalho é o Sest (Serviço Social do Transporte) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), que atua nas áreas social e profissional dos trabalhadores do transporte.

A Diretora Executiva Nacional do Sest Senat, Nicole Goulart, afirma que a entidade treina os motoristas profissionais para que eles tenham previsibilidade nas situações adversas que encontrarão nas vias do país. “O Sest Senat disponibiliza uma série de cursos com foco na direção segura e preventiva. São mais de 600 opções considerando as modalidades presencial e a distância”. A executiva destaca ainda que entre os principais cursos relacionados à segurança no trânsito estão os de Direção Defensiva, Condição Antecipatória Segura e Comportamento Seguro no Trânsito. Vale lembrar que para ser motorista de ônibus é necessário estar habilitado na categoria D e ter o Curso Especializado para Condutores de Veículos de Transporte de Passageiros, conforme a resolução 168/2004 do Contran.

Com mais de 30 anos de experiência no setor automotivo, Ramalho elogia o cuidado das empresas regulares em seus treinamentos. “Não tenho dúvida que as empresas de transporte de passageiros têm uma preocupação muito grande, uma capacitação muito oportuna dos seus motoristas”, afirma.

Leia a matéria completa: http://www.abrati.org.br/comunicacao/revistas/

2 Comments
  • MAURICIO PONTELLO
    Posted at 11:39h, 18 outubro Responder

    Perfeitas colocações do Diretor Presidente do ONSV e também se faz necessária uma mudança no que diz respeito ao EAR – Exerce Atividade Remunerada.
    O EAR precisa ser reconsiderado e precisamos de um sistema de formação profissional que vá além do que está posto hoje.

  • Thyrso Guilarducci
    Posted at 12:28h, 18 outubro Responder

    Sensacional a Revista ABRATI. Excelentes conteúdos e dentro de harmoniosa diagramação e prazerosa para leitura e contemplação.
    As reportagens e Artigos possuem bons fundamentos e são guias para a Segurança e Inf0rmações das mais diversas no Trânsito, em especial envolvendo o transporte coletivo.
    Parabéns ao ONSV pela divulgação e aos Editores da Revista!

Post A Comment