fbpx
Loader
Pesquisa sobre sinistros de trânsito no trajeto casa-trabalho-casa do Sistema Fiep em parceria com o OBSERVATÓRIO busca minimizar riscos de acidentes de trabalho
28079
post-template-default,single,single-post,postid-28079,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

Pesquisa sobre sinistros de trânsito no trajeto casa-trabalho-casa do Sistema Fiep em parceria com o OBSERVATÓRIO busca minimizar riscos de acidentes de trabalho

Pesquisa sobre sinistros de trânsito no trajeto casa-trabalho-casa do Sistema Fiep em parceria com o OBSERVATÓRIO busca minimizar riscos de acidentes de trabalho

A Pesquisa Segurança Viária no Trabalho no Paraná, é realizada pelo Sistema Fiep em parceria com o Cifal (Centro Internacional de Formação de Autoridades e Líderes) Curitiba e o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária. A iniciativa é inédita e tem por objetivo analisar o panorama da segurança viária do trabalho no estado do Paraná no que tange os sinistros de trajeto, a fim de viabilizar a proposição de soluções que possam ser implementadas pelas empresas e que contribuam para salvar vidas.

Dados do OBSERVATÓRIO revelam que a maior concentração de vítimas desses sinistros de trânsito são pessoas entre 20 e 39 anos. Uma população economicamente ativa que ocupa parte importante do setor industrial do Brasil: “as principais ocupações afetadas por essas ocorrências pertencem à transformação de metais (6º lugar), trabalhadores da indústria extrativa e construção civil (8º lugar) e trabalhadores da indústria têxtil (10º lugar)”, diz o levantamento.

Os 7.568 acidentes de trajeto que ocorreram no Paraná em 2019 servem como alerta para que as indústrias invistam em campanhas de educação no trânsito. De acordo com as estatísticas do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT), Ministério da Previdência Social, um grande número dos acidentes é considerado “tradicional”, envolvendo dois ou mais veículos. “As empresas podem trabalhar na prevenção, com palestras, campanhas de conscientização, ações de comunicação e entrega de materiais impressos”, exemplifica o engenheiro de Segurança do Trabalho do Sistema Fiep, Mariano Alberichi.

Tão importante quanto a saúde dos trabalhadores é o olhar da gestão de pessoas sobre o tema. As ocorrências no caminho casa-trabalho-casa estão sob a responsabilidade legal da empresa, previstos no Art. 21 da Lei Federal nº 8.213/91 e são considerados acidentes de trabalho, como aqueles que ocorrem nas dependências de uma indústria.

As indústrias interessadas em participar da pesquisa Segurança Viária no Trabalho no Paraná podem obter mais informações neste site.

Leia a matéria completa:

https://g1.globo.com/pr/parana/especial-publicitario/fiep/sistema-fiep/noticia/2021/08/25/acidentes-de-trajeto-pesquisa-avalia-seguranca-entre-casa-e-trabalho.ghtml

Foto: AdobeStock/Reprodução

No Comments

Post A Comment