OBSERVATÓRIO | “A multa é um acidente que não aconteceu”, diz o OBSERVATÓRIO em reportagem da EPTV
20269
post-template-default,single,single-post,postid-20269,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

“A multa é um acidente que não aconteceu”, diz o OBSERVATÓRIO em reportagem da EPTV

“A multa é um acidente que não aconteceu”, diz o OBSERVATÓRIO em reportagem da EPTV

O Estado de São Paulo somou mais de 7,4 milhões de infrações de trânsito em 2018 aplicadas nas rodovias. Isso significa que, a cada minuto, 14 motoristas cometem alguma imprudência de trânsito e são multados. Os dados foram divulgados em reportagem exibida pela EPTV Campinas e obtidos junto ao Detran-SP.

Excesso de velocidade, uso do celular, falta do farol aceso durante o dia nas rodovias, seguir pelo acostamento e a falta do cinto de segurança são algumas das infrações registradas. Todas poderiam ser evitadas se houvesse a conscientização e a melhor formação do condutor brasileiro. Essa é a reflexão do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, que foi ouvido pela reportagem. 

“A multa é um acidente que não aconteceu. Essa é a reflexão para o cidadão”, explica José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, pois quando um condutor usa o celular ao volante, por exemplo, e recebe a infração, ele poderia ter se envolvido num acidente. 

Para Ramalho, a maneira de formar o condutor é fundamental. É necessário levar para a sala de aula da formação do condutor conteúdos e percepção de risco para que ele tenha consciência do que ele pode causar com uma atitude equivocada. 

Assista a reportagem aqui: https://globoplay.globo.com/v/7337402/

Sem comentários

Escreva um comentário