Loader
Alexandre Garcia: no caso do trânsito, a falta de educação mata
19134
post-template-default,single,single-post,postid-19134,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Alexandre Garcia: no caso do trânsito, a falta de educação mata

Alexandre Garcia: no caso do trânsito, a falta de educação mata

O estarrecedor corte de verba do Funset – Fundo Nacional de Segurança e Educação no Trânsito, abordado pelo Jornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, desta sexta-feira (27/7), foi o tema do Editorial do jornalista Alexandre Garcia, que definiu: enquanto são cortadas verbas de campanhas de educação para o trânsito, 105 pessoas morrem por dia em acidentes de trânsito no Brasil. E o dinheiro da punição deveria ser utilizado em educação, para não precisar punir, mas isso não acontece.

Veja aqui a opinião do jornalista Alexandre Garcia: https://globoplay.globo.com/v/6901688/

Por lei, 5% de todo o dinheiro arrecadado com as multas deveria ir para o Funset – Fundo Nacional de Segurança e Educação no Trânsito e aplicados em campanhas de prevenção aos acidentes de trânsito. Mas isso não acontece. Desde 2011 o Funset deveria ter recebido R$ 2,9 bilhões, mas só foram transferidos R$ 683 milhões, menos de um quarto do total. Somente 1,71% dos R$ 683 milhões foram usados em ações de utilidade pública, apenas 1,53% em campanhas educativas de trânsito e 0,02% em projetos de prevenção de acidentes.

Para o jornalista, o Estado brasileiro, que não está cumprindo a sua responsabilidade, parece que não liga muito para educação.  “No caso do trânsito, a falta de educação mata”, reforçou.

Garcia citou o número de mortes diárias no trânsito brasileiro, que mata mais de cem pessoas por dia e o batalhão de pessoas sequeladas. “E como se sabe, 90% dos acidentes são causados por fator humano: falta de atenção, velocidade excessiva, mistura de álcool com direção, pouca distância entre veículos, desobediência à sinalização. Nada que a educação de trânsito não consiga diminuir, ajudada pela punição, que é a multa” asseverou.

Assista a matéria completa: https://globoplay.globo.com/v/6901961/

1 Comment
  • REINALDO LUIZ
    Posted at 22:14h, 29 julho Responder

    Isto é normal num pais desorganizado e desrespeitado pela sua população, falta ética, moral, civismo etc.

Post A Comment