OBSERVATÓRIO | Cuidados nas férias escolares
23418
post-template-default,single,single-post,postid-23418,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cuidados nas férias escolares

Cuidados nas férias escolares

Dezembro chegou e com isso muita gente está se preparando para sair de férias, seja do trabalho ou mesmo da escola. O Programa Laço Amarelo separou alguns itens para que você vá e volte em segurança da sua diversão.

Para viajar de férias, lembre-se de visitar o mecânico antes de pegar a estrada. Durante todo o ano, usamos o carro para tudo e por isso agora, é fundamental que você separe um tempo para revisar todos os componentes para um bom funcionamento do veículo: pneus, freios, óleo, embreagem, água, limpador de para-brisas, faróis ou seja, tudo deve estar funcionando adequadamente para que você não fique na estrada e atrapalhe o passeio.

Com o carro em ordem e tudo revisado, é importante lembrar que as crianças precisam do equipamento de proteção adequado para transitar. Vamos lembrar quais são: os bebês até um ano devem viajar no bebê conforto. Ele é instalado no banco de trás dos veículos, de costas para os bancos da frente, tudo isso para proteger, principalmente a cabeça da criança. Depois de fazer um ano ou quando a criança já está empurrando o encosto do banco de trás com os pezinhos, já está na hora de ir para a cadeirinha. Até os quatro anos, é a cadeirinha o lugar mais seguro para as crianças dentro do carro. A partir dos quatro anos até aproximadamente sete anos e meio, é no assento de elevação que esse passageiro deve viajar de forma segura. Só depois de colocar os dois pés inteiros no chão do carro, é que a criança pode usar só o cinto de segurança para transitar num veículo.

Lembrando que, na moto, as crianças só devem andar depois dos 10 anos de idade e apoiando os pés nas pedaleiras. Antes disso, a moto não deve transportar crianças.

Depois de todos os passageiros de cinto, é importante escolher o trajeto, olhar as condições do tempo e pegar a estrada, respeitando toda a sinalização do trânsito.

Chegando ao destino ou mesmo quem fica em casa, é importante orientar as crianças onde brincar. Afinal, quase todos têm bicicleta, skate ou mesmo o patinete. Transitar com esses veículos em qualquer rua ou calçada é perigoso. Importante escolher uma praça ou mesmo um parque para que a brincadeira não vire dor de cabeça.

Lembrar também de usar os equipamentos de proteção adequados a cada veículo, mesmo não sendo obrigatório, é importante para a proteção de quem transita.

Com todos esses cuidados, tenho certeza que suas férias serão inesquecíveis, com muitas histórias para contar! Um ótimo final de ano e que venha um 2020 repleto de bons caminhos! Até lá!

Sem comentários

Escreva um comentário