OBSERVATÓRIO | Cultura do autocontrole, o que é isto?
21006
post-template-default,single,single-post,postid-21006,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cultura do autocontrole, o que é isto?

Cultura do autocontrole, o que é isto?

Discutimos constantemente a importância das infraestruturas das vias serem melhoradas, sinalizações, preparação de novos condutores, fiscalização para mudanças de hábitos, mas o que parece ser o maior desafio para a redução de acidentes é que o comportamento do motorista seja realmente modificado, no Brasil 94% dos acidentes de trânsito são ocasionados por falha humana, isto reforça a preocupação na reeducação dos motoristas atuais e preparação na educação das gerações que virão pela frente.

Apesar da Lei Seca ter completado 10 anos de implementação no ano passado, o Ministério da Saúde publicou que cresceram em 16% o número de motoristas que admitem dirigir após o consumo de álcool, o que nos faz pensar que simplesmente falar-“ se beber não dirija”- não é o suficiente, metodologias europeias de educação para uma mudança de comportamento no trânsito trabalha o incentivo à cultura do autocontrole com bafômetros individuais fomentando a auto análise voluntária do condutor antes de dirigir.

Mesmo sabendo que a tolerância do álcool no Brasil é zero, ainda existem dúvidas de quanto tempo após o consumo o motorista pode dirigir, poucos motoristas pensam duas vezes antes de pegar no volante no dia seguinte após o consumo, queremos orientar estes motoristas que os riscos em dirigir na ressaca, são tão grandes quanto ao risco em dirigir embriagado, não existe tempo certo determinado, tudo depende da quantidade e qual bebida foi consumida, altura e peso do condutor, cada organismo metaboliza o álcool de maneira diferente, para solucionar estas situações de incertezas o bafômetro individual auxilia na construção de decisão em dirigir com segurança.

A cultura do autocontrole é reforçar ao motorista a responsabilidade dele como condutor, proporcionando a ferramenta necessária para o autoteste e oferecendo discrição ao motorista quando estiver dúvidas se pode dirigir. Convidamos todos os motoristas, gerentes de frotas, educadores no trânsito, influenciadores para um trânsito mais pacífico a rever a maneira de lidar com a segurança no trânsito, a prevenção é um investimento barato, necessário e que propõe resultados.

Não é uma questão somente de evitar flagrantes desagradáveis e possíveis penalidades, mas sim evitar que acidentes ocorram e que o motorista esteja ciente 100% das suas condições antes de dirigir.

Para campanhas educativas e institucionais promovendo o consumo responsável e a mobilidade com segurança, nós trabalhamos com a embalagem abaixo, fazemos também produto personalizado para a sua empresa dependendo da quantidade.

Contribuição de conteúdo encaminhada ao OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária.

Para maiores informações: miriam.pimentel@ags-cs.com.br e Whatsapp (11) 984440680.

2 Comentários
  • Cleto Damasceno.
    Postado às 18:09h, 18 abril Responder

    Boa noite excelente matéria sabemos o quanto é importante a consciência do condutor para realmente acontecer a redução dos acidentes causados por bebidas alcoólicas , como educador e condutor zelo muitos pelo o princípios da consciência de preservar vidas

  • Miriam
    Postado às 21:08h, 18 abril Responder

    Boa noite Cleto, obrigada pela contribuição do seu comentário, precisamos de educadores pensando como você, continue o bom trabalho e divulgue a cultura do autoteste, obrigada

Escreva um comentário