OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO comenta o recolhimento de radares móveis das rodovias federais
22435
post-template-default,single,single-post,postid-22435,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO comenta o recolhimento de radares móveis das rodovias federais

OBSERVATÓRIO comenta o recolhimento de radares móveis das rodovias federais

O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho é um dos especialistas ouvidos em matéria do Estadão sobre o recolhimento dos radares federais, determinado por despacho do presidente Bolsonaro.

Após o ofício enviado pelo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Marcos Furtado, em 15/08, determinando o recolhimento imediato dos radares móveis das rodovias federais, alcançando uma malha de 76,5 mil quilômetros de rodovias, o jornal ouviu algumas autoridades e especialistas do trânsito sobre o assunto.

De acordo com o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, os atropelamentos podem aumentar. Para Ramalho, as mudanças no uso de radares móveis, deveriam acontecer após a conclusão dos estudos sobre os radares.

Leia a matéria completa em: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/08/15/apos-despacho-de-bolsonaro-prf-recolhe-radares-moveis-das-rodovias.htm

Sem comentários

Escreva um comentário