Artigos

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito é lembrado no terceiro domingo de novembro

Escrito por Portal ONSV

12 NOV 2018 - 16H09

É momento para uma análise aprofundada do que leva tantas pessoas a sofrerem com acidentes de trânsito. E você, o que faz para evita-los?

Instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, o terceiro domingo de novembro marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. Este ano, a data será lembrada em 18 de novembro. Mais do que um dia no calendário, trata-se de um momento para uma análise aprofundada do que leva tantas e tantas pessoas a se tornarem vítimas do trânsito em todo o mundo. Todos somos vítimas dos acidentes de trânsito, seja diretamente ou indiretamente. Mas os veículos são realmente os responsáveis por tão tristes notícias?

De acordo com a ONU, os acidentes de trânsito matam 1,25 milhão de pessoas por ano em todo o mundo. O número de feridos varia entre 30 e 50 milhões de pessoas. Brasil, China e Índia respondem por 40% das mortes globais de acidentes devido ao tamanho da população e à taxa de motorização.

Conforme o portal oficial sobre o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito (http://worlddayofremembrance.org) , as seis maiores causas de mortes no trânsito são o excesso de velocidade, o consumo de bebidas alcoólicas, a falta de cinto de segurança, a falta de equipamento de segurança para as crianças cadeirinha e o assento de elevação), a falta do capacete aos usuários de motocicleta e o uso do celular.

Em 2016, de acordo com os últimos dados disponibilizados pelo Sistema Datasus, foram computadas mais de 37 mil mortes por acidentes de trânsito no Brasil e milhares de sequelados, que têm suas vidas mudadas para sempre.  Isso significa mais de meio milhão de vítimas de acidentes de trânsito todos os anos, número suficiente para lotar mais de 5 estádios do Maracanã, um dos maiores estádios de futebol do mundo. A cada minuto, pelo menos uma pessoa fica inválida e a cada 12 minutos uma pessoa morre por acidentes de trânsito no nosso país. Acidentes dessa natureza são a principal causa de morte entre jovens (de 15 a 29 anos), particularmente entre homens.

Na tentativa de refrear o alto índice de acidentes, a ONU lançou a Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito (de 2011 a 2020) e governos de todo o mundo se comprometeram a tomar novas medidas de prevenção, com o objetivo de reduzi-los em até 50%. E você, o que tem feito para tornar o trânsito mais seguro para todos?

[vc_gallery interval="3" images="19979,19978,19977" img_size="full"]

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Seguranca_viaria_no_brasil_live_ipos_observatorio_imtraff
Live

Segurança Viária no Brasil: duras verdades e reais expectativas

O IPOS – Instituto de Especialização, realizou na última terça-feira (21), o evento on-line Segurança Viária no Brasil: duras verdades e reais expectativas, com a participação dos palestrantes Paulo Guimarães, CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, e Frederico Rodrigues, diretor da Imtraff Engenharia e Mobilidade. O evento faz parte de uma série de lives promovidas pelo Instituto durante esta semana com foco na segurança viária, em celebração ao mês de ações do Movimento Maio Amarelo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.