Artigos

JUNTOS SALVAMOS VIDAS: EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO

Escrito por Portal ONSV

30 SET 2022 - 10H00

Continuaremos com a força e a fé no ser humano, na mudança de comportamento, planejando ações para contemplar a vida

Luciane Ribeiro dos Santos de Moura*

Professora há 29 anos no município de Cascavel, no estado do Paraná, formada em pedagogia, recebi o desafio no ano de 2009, trabalhar com Educação para o Trânsito no órgão municipal de trânsito.

No início, com medo, e sem ao menos conhecer o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), aceitei o convite. A primeira ação foi realmente conhecer e entender o que é a amplitude trânsito e aos poucos buscar conhecimento formal e prático.

Em 2010 inicia-se o Comitê Intersetorial de Prevenção de Acidente de Trânsito em nossa cidade, projeto do Ministério da Saúde, com o objetivo de preservar vidas, com participação de todos os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito e da Secretaria de Saúde. Com o desafio de muitos óbitos no trânsito e o que fazer?

Estudar mais e planejar. Mais cursos e leituras: em 2014, curso de Instrutor de Trânsito; em 2015, concluo a MBA em Trânsito; em 2017, curso do Programa Vida no Trânsito – PVT; e em 2020, vem o certificado de Observadora Certificada pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária. Agora é colocar em prática.

Cascavel é um município do Oeste do Paraná, cidade linda, plaina, bem cuidada e posso dizer, bem planejada. Atuar a frente da Educação do Trânsito e Cidadania e responsável pela Estatística e a Escola Pública Municipal de Trânsito e ainda o Comitê, não é tarefa fácil, mas gratificante.

Você sair de números de óbitos em nossa cidade de mais de 100 pessoas (2002) e chegar a 28 pessoas no ano de 2022 (dados gerais, contando perímetro urbano, rodovias e marginais), não é tarefa fácil e digo mais, é tarefa para uma equipe multissetorial.

Contando com a metodologia do PVT e com os pilares do Pnatrans (Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito) estamos caminhando para uma gestão humanizada no trânsito. O investimento em Cascavel é no tripé: engenharia, educação e fiscalização. E tem dado resultados. Comparando com o mesmo período do ano passado reduzimos em 22% o número de óbito geral, e 61% no perímetro urbano.

O trabalho conjunto visa alterações na engenharia: rotatórias, faixa avançada, faixa exclusiva para motociclistas, implantação de área calma e muitas outras, acompanhadas de orientação e educação de trânsito e seguidas pela fiscalização, que intensificou também as operações Lei Seca e também se modernizou com a tecnologia.

Não consigo dizer que eu fiz, e sim, nós fizemos. Todo o movimento Maio Amarelo que trouxe o tema – amei – Juntos Salvamos Vidas!, retrata a nossa realidade.

E digo que, avançamos, não somente com os órgãos, secretarias, instituições de Cascavel, mas o OBSERVATÓRIO, o Programa Vida no Trânsito, a Rede PVT, o Pnatrans e ainda os encontros com colegas da mesma área. O chamamento do compromisso junto à população e com apoio dos meios de comunicação fizeram a diferença na segurança do trânsito.

Muitos desafios. Ainda temos a licitação do transporte público que está visando muito investimento na mobilidade e refletirá no trânsito. Mobilidade e Cidadania. Trabalhamos com esse norte.

E enquanto andamos juntos nesse tripé: a educação do trânsito sonha e executa: projeto Rua Segura que envolve pais, professores, alunos e comunidade; pé na faixa para o pedestre; Direção Segura para o condutor de veículo de 4 e 2 rodas; Cidadão em Trânsito com palestras para empresas, grupos, e campanhas pontuais. Agora o Educa chegando a nossa cidade. Quanto orgulho!

E veio a Semana Nacional do Trânsito - SNT. Reunimos os integrantes do Cotrans/PVT e planejamos: abertura, ações na via, nas comunidades, nas escolas, concurso para crianças, passeios, cinema rodoviário, entrega de materiais, enfim, muito trabalho. E lembramos sempre: o trânsito não é pauta só para o Maio Amarelo e SNT e sim, diário.

Caminhamos para cumprir metas e superar outras metas. Para valorizar pessoas que transitam e levar a compreensão de que é fácil praticar a empatia, o respeito. Que maravilhoso voltar para casa com saúde e alegria. Reconhecer que o trânsito faz parte do nosso dia a dia e pode ser prazeroso. Caminhamos para juntos salvarmos vidas.

Continuaremos com a força e a fé no ser humano, na mudança de comportamento, planejando ações para contemplar a vida.

[vc_empty_space]

[vc_row css_animation="" row_type="row" use_row_as_full_screen_section="no" type="full_width" angled_section="no" text_align="left" background_image_as_pattern="without_pattern"][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="30568" img_size="full" qode_css_animation=""][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_empty_space height="120px"][vc_column_text]

Luciane Ribeiro dos Santos de Moura - Professora; Encarregada do Setor de Educação do Trânsito e Cidadania da Autarquia Municipal de Mobilidade, Trânsito e Cidadania – Transitar; Instrutora de Trânsito; Coordenadora do Comitê Intersetorial de Prevenção de Acidente de Trânsito do Município de Cascavel-PR – Cotrans/PVT (Programa Vida no Trânsito); Observadora Certificada da cidade de Cascavel - Paraná.

Seminario_de_prevencao_de_uso_de_alcool_e_drogas
Observadores Certificados

Seminário de Prevenção do uso do Álcool e outras Drogas no Trânsito em Minas Gerais tem palestra de representante do OBSERVATÓRIO

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod) realizou no final de maio, o Seminário de Prevenção do uso do Álcool e outras Drogas no Trânsito. O evento, realizado no auditório da Escola de Formação e Aperfeiçoamentos de Sargentos da Polícia Militar de Minas Gerais, em Belo Horizonte, contou com a presença do Observador Certificado e representante do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, Alexander Magalhães.

Observadores_certificados_tomam_posse_cetran_mg
Observadores Certificados

Observadores Certificados tomam posse junto ao Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais

No dia 23 de abril, foi realizada a posse dos novos membros do Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Cetran-MG). Na ocasião foram empossados como conselheiros os Observadores Certificados Alexander Ferreira de Magalhães e Kenedy Santos Pereira. A cerimônia ocorreu no Palácio Tiradentes na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, e contou com a presença da Secretária de Estado e Planejamento e Gestão, Luísa Cardoso Barreto, presidente do colegiado, do Chefe da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), antigo Detran-MG, Lucas Vilas Boas Pacheco, conselheiros empossados e integrantes da equipe administrativa do colegiado.

Observatorio_debate_sobre_desafios_perspectivas_seguranca_viaria_encontro_esg
Matérias

OBSERVATÓRIO debate sobre desafios e perspectivas da Segurança Viária em Encontro ESG

Com o objetivo de fomentar práticas mais sustentáveis, responsáveis, éticas e alinhadas aos valores do ESG (Ambiental, Social e Governança) no setor, o Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) realizou nos dias 05 e 06 de junho, o Encontro ESG: Desafios e Oportunidades no Transporte de Cargas, durante a Jornada de Sustentabilidade. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, esteve entre os debatedores do Painel Segurança Viária ou do Trabalho desafios e perspectivas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.