Artigos

Marque na agenda: dia 27 de maio tem a 5ª edição da caminhada “Atenção Pela Vida” em Indaiatuba

Escrito por Portal ONSV

16 MAI 2018 - 13H34

A quinta edição da Caminhada “Atenção Pela Vida”, que é uma das ações do Movimento Maio Amarelo em Indaiatuba, acontece na manhã do dia 27 de maio (domingo). A concentração será em frente à Prefeitura, às 9h. O anúncio foi feito terça-feira (15) pelo prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar, e pelo diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, durante coletiva à imprensa. Como já aconteceu no ano passado, o itinerário da caminhada será feito no sentido da rotatória do Colégio Objetivo, de onde os participantes retornarão para a Prefeitura. Haverá a distribuição de 500 camisetas aos participantes.

Durante a coletiva o prefeito falou da importância da parceria com o Observatório e do esforço que o município vem realizando para conscientizar as pessoas sobre o papel de cada cidadão na construção de um trânsito melhor. “Recentemente também fizemos uma parceria com a Honda para a realização de atividades em prol de um trânsito mais seguro, que inclui cursos de pilotagem segura para policiais da Guarda Civil, agentes de trânsito e colaboradores da Prefeitura. Também continuamos investindo em infraestrutura viária para melhorar o trânsito de nossa cidade”, reforçou.

Ramalho reforçou que o trânsito seguro depende do comprometimento do cidadão. “A segurança no trânsito não está nas mãos do Poder Público e, sim, da sociedade. É preciso uma mudança de comportamento por parte das pessoas, tanto que o mote de nossa campanha deste ano é ‘Nós somos o trânsito’. Esse mote será usado durante todo ano, inclusive nas campanhas nacionais e na Semana Nacional do Trânsito”, ressaltou.

Também participaram da entrevista Marcelo Maturano, do Instituto GM, e Cesar Barros, relações institucionais da Honda, ambas empresas apoiadoras da caminhada, junto com a empresa John Deere. Também esteve presente o coordenador operacional do Departamento Municipal de Trânsito, Murilo da Silva Mello, que representou o secretário de Obras e Vias Públicas, Robenilton Oliveira Lima.

Sobre o Movimento Maio Amarelo

Com o mote “Nós somos o trânsito” o Movimento Maio Amarelo chega à quinta edição e fomenta na sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito. O tema foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

O Movimento Maio Amarelo tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Criado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária na esteira da determinação da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, o Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. Ações são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.

Serviço:

5ª Caminhada “Atenção Pela Vida”

Início: 9h

Local: concentração será em frente à Prefeitura (avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 2.800 – Jardim Esplanada II)

Observador_certificado_alerta_para_aumento_de_mortes_em_todo_estado_de_sao_paulo
Observadores Certificados

Observador Certificado alerta para aumento de mortes no trânsito em todo o estado de São Paulo

O Observador Certificado André Ferreira falou ontem (25), ao Assis City, portal de notícias do interior de São Paulo, sobre o aumento de mortes no trânsito em todo o estado de São Paulo, sinistros que registram ainda motociclistas como maioria das vítimas.

Artigo_OC_Alvaro_Santos_Proseg_Parana
Artigos

PROSEG PARANÁ - Programa de Segurança Viária das Rodovias Estaduais do Estado do Paraná

O relatório global da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre segurança no trânsito 2023 detalha a escala das mortes no trânsito global e o progresso no avanço de leis, estratégias e ações para reduzi-las em todo o mundo. O relatório mostra que o número de mortes no trânsito caiu ligeiramente para 1,19 milhão por ano, e que os esforços para melhorar a segurança nas estradas estão tendo impacto. No entanto, o preço pago pela mobilidade continua muito alto, e uma ação urgente é necessária se a meta de reduzir pela metade as mortes e ferimentos no trânsito até 2030 for alcançada.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.