Artigos

Rota da Educação, uma janela para o amanhã

Escrito por Portal ONSV

11 JAN 2016 - 09H58

Desde que cheguei à Concessionária Rota das Bandeiras, há dois anos, logo percebi que havia muito mais do que um grande fluxo de veículos e um desafiador cronograma de investimentos no trabalho à frente das rodovias que formam o Corredor Dom Pedro. Afinal, a rodovia é um organismo vivo, que pulsa 24 horas por dia, e a missão de quem trabalha no setor é cuidar do ir e vir de milhares de pessoas, de proporcionar encontros e reencontros, garantindo que cada uma delas viaje com segurança e conforto até o seu destino.

Para garantir o bem cuidar de cada um desses usuários, não podemos nos limitar às ações desenvolvidas dentro de nossa faixa de domínio. É evidente que a concessionária deve oferecer rodovias de boa qualidade, investir na qualificação contínua da infraestrutura de sua malha e nos serviços de atendimento ao usuário, mas também é preciso ir além das divisas estabelecidas pelo contrato de concessão e chegar aonde as pessoas estão. São 30 anos de contrato na administração do Corredor Dom Pedro, até 2039. Não podemos, nem queremos, ignorar que fazemos parte do dia a dia das pessoas. Essa, por sinal, é uma filosofia da Organização Odebrecht em cada ponto do planeta onde atua: contribuir para o desenvolvimento e a qualificação das comunidades em que está inserida.

Por isso, desde 2012, a Rota das Bandeiras tem investido no Rota da Educação, programa que já beneficiou 15 das 17 cidades do Corredor Dom Pedro, trabalha com alunos de 6 a 11 anos do ensino fundamental da rede municipal e busca promover uma mudança de comportamento nas questões relacionadas à segurança no trânsito, cidadania, mobilidade e meio ambiente. Acreditamos que, além de auxiliar na formação de futuros motoristas, o Rota da Educação estimula as crianças a serem multiplicadoras dos conteúdos aprendidos em sala de aula, contribuindo decisivamente para a mudança de postura de seus pais ao volante, seja nas ruas e avenidas, seja nas rodovias. É a transformação de uma cultura pré-estabelecida, a quebra de paradigmas para a formação de cidadãos mais conscientes e a ampliação da segurança viária. É uma semente cultivada no interior do Estado de São Paulo no combate à violência no trânsito.

De forma lúdica, as crianças aprendem os conceitos relativos ao trânsito em aulas específicas sobre o tema. Mas o trabalho vai além e destaca-se pela multidisciplinaridade, com a exploração do tema também nas aulas de matemática, geografia, ciências, história e artes. Para isso, os professores contam com o apoio de material didático e videoaulas e estimulam a execução de atividades práticas, muitas delas envolvendo toda a família.

Em quatro anos de atividades, o Rota da Educação já beneficiou mais de 26 mil alunos e foi responsável pela capacitação de 1.479 professores de 98 escolas. Agora, acaba de conquistar a segunda posição na categoria “Educação no Trânsito” na 14ª edição do Prêmio Denatran, que é promovido em todo o país pelo Departamento Nacional de Trânsito e incentiva a produção de trabalhos voltados à temática do trânsito.

Os números acima citados, assim como a conquista do Prêmio Denatran, nos enchem de orgulho e nos motivam a seguir em frente. Ainda há muito a fazer. Mas, a cada dia, aumenta a minha confiança de que encontramos um caminho e esse é o principal programa a ser desenvolvido pela Rota das Bandeiras nas comunidades em que atua: levar o Rota da Educação a um número cada vez maior de pessoas para que o programa, de fato, ofereça um novo e promissor amanhã para cada pessoa que circula pelo Corredor Dom Pedro de rodovias.

Júlio Perdigão é diretor-presidente da Concessionária Rota das Bandeiras, empresa da Odebrecht Rodovias, que reúne os investimentos da Odebrecht TransPort em concessões rodoviárias e responde pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.