Artigos

Educação, maior atenção e gentileza previnem acidentes de trânsito

Escrito por Portal ONSV

20 MAI 2019 - 10H31

“O nosso comportamento no trânsito é que é fundamental para que ocorra uma diminuição no número de acidentes, do número de óbitos e do número de feridos”, afirma Jorge dos Santos Silva, diretor clínico do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) da Faculdade de Medicina da USP. No Brasil, há uma queda no número de mortes por acidentes de trânsito. Em 2014, foram quase 44 mil óbitos. Três anos depois, em 2017, foram cerca de 34 mil.

“Apesar de a gente estar tendo diminuição do óbito, está tendo mais gente internada”, alerta o diretor. Foram 123 mil internações motivadas por acidentes em 2014. Em 2018, 134,5 mil. Acidentes, que vão desde atropelamento até colisões com motocicleta, são muito trabalhosos e envolvem toda a família. A grande maioria dos pacientes demora para retornar para sua vida produtiva. “É um paciente jovem, produtivo, que deixa de ganhar. É realmente um problema pessoal, social, e das autoridades que lidam com a questão da saúde.”

Para Silva, a educação e uma maior gentileza são fatores que contribuem muito para a diminuição de vítimas de trânsito. Relatar que o consumo de álcool e direção não combina também é importante, visto que “temos motoristas que consomem drogas ilícitas, enquanto estão trabalhando, para continuarem acordados”. O especialista também cita o uso de celular, e enfatiza: “Nada que tire a nossa atenção e nosso foco em dirigir deve ser utilizado”.

O Hospital das Clínicas (HC) da USP realiza uma ação no Maio Amarelo, em frente ao Instituto de Ortopedia e Traumatologia, que é um local com grande movimento de carros. Os funcionários do instituto colocam um uniforme com o lema No trânsito, o sentido é a vida e ajudam os pedestres a atravessarem a rua na faixa específica para isso. “Um objetivo é educar a população que está circulando dentro do hospital”, conta Silva, que complementa: “Nossos colaboradores adoram participar. Quando termina o Maio Amarelo, eles ficam: ‘Nossa, não dá para a gente continuar?’ Eles estão engajados nisso também”.

Leia a matéria em:https://jornal.usp.br/atualidades/educacao-maior-atencao-e-gentileza-previnem-acidentes-de-transito/

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Saiba mais

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.