fbpx
Loader
O papel do mantenedor social para o fortalecimento das causas sociais
29095
post-template-default,single,single-post,postid-29095,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

O papel do mantenedor social para o fortalecimento das causas sociais

O papel do mantenedor social para o fortalecimento das causas sociais

Fernando Silva*

junho/2021

 

Engajar-se em uma causa social tornou-se uma iniciativa cada vez mais indispensável, seja para combater as injustiças sociais ou para conscientizar a sociedade sobre a necessidade de repensar nossas ações para a construção de um novo amanhã.

Dentre as várias causas sociais existentes, uma das que mais se destaca é a causa do trânsito, pelo simples fato de fazer parte do cotidiano de todas as pessoas. Já pensou que mesmo durante este momento de isolamento social e pandemia, ainda assim, não existe um indivíduo que não transite? Seja de carro, de moto, como passageiro no transporte público, ou simplesmente caminhando até o supermercado mais próximo.

Falando sobre transitar, os últimos dados apontam que a cada 10 minutos uma pessoa morre vítima de violência pública no Brasil, ou seja, 6 mortes por hora. Esse número praticamente se iguala aos sinistros de trânsito: a cada 15 minutos, uma pessoa morre vítima da violência no trânsito, ou seja, 4 mortes a cada hora, conforme dados compilados pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV).

O ONSV é uma instituição social sem fins lucrativos, dedicada a desenvolver ações que contribuam de maneira efetiva para a diminuição dos elevados índices de sinistros de trânsito do nosso país. É reconhecido pelo Ministério da Justiça como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), e atua como um órgão de inteligência que, por meio de educação, pesquisa, planejamento e informação, promove e executa os subsídios técnicos necessários ao convívio harmônico entre pessoas, veículos e vias.

Nos últimos dez anos, o OBSERVATÓRIO entregou à sociedade mais de 60 Estudos e Pesquisas, criou o Movimento Maio Amarelo que é o maior movimento de Segurança no Trânsito do País; Entregou o Programa Educa que objetiva levar a educação para o trânsito para dentro das escolas; O Programa Laço Amarelo que é uma continuidade do Maio Amarelo; Além de diversos projetos que visam a promoção da saúde e a prevenção da violência no trânsito.

Para conseguir desenvolver todos esses projetos, o Observatório conta com a sensibilização e o apoio de pessoas físicas e jurídicas que aderiram a uma parceria denominada no Estatuto do ONSV como Mantenedor Social. Estes parceiros contribuem regularmente através de recursos financeiros, bens e/ou serviços e com isso, ajudam na realização das ações e atividades básicas do ONSV.

Como Mantenedor Social, a pessoa ou entidade contribuiu ativamente em prol da segurança viária do País, investindo no desenvolvimento de todas as ações e programas realizadas pelo OBSERVATÓRIO. Essa é uma forma de investimento social corporativo que alinha estratégias de marketing social às necessidades da sociedade, ao utilizar as habilidades empresariais e mobilizar a sociedade em prol de uma causa social. As empresas têm a oportunidade de gerar entre os seus colaboradores, consumidores e público de alcance, o engajamento social necessário para as transformações sociais que tanto almejamos.

É comum que entre os próprios colaboradores dessas empresas, crie-se uma aproximação com a empresa, motivando-os a atingir o resultado planejado pela possibilidade de alinhar a marca às ações sociais defendidas pela instituição. Os principais resultados nesse caso para a empresa, são: a retenção de seus talentos e a satisfação da equipe, que por sua vez, contribui para a solução de questões sociais relacionadas ao trânsito. Ao vincular a sua empresa ou entidade a uma CAUSA, você estará posicionando-se em defesa da vida.

 

*Fernando Henrique da Silva – Comunicação/Assessoria de imprensa no OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária;

Formado em comunicação social – Jornalismo e pós-graduando em gestão de comunicação digital e mídias sociais;

Autor do livro reportagem Nan Meizhou: histórias sobre a imigração chinesa em Campinas/SP.

No Comments

Post A Comment